O cumprimento da jornada de trabalho é uma das rotinas que influencia diretamente os resultados de uma empresa. Afinal, se as horas de trabalho não forem realizadas corretamente, como o negócio terá bons resultados?

O registro de ponto é a melhor maneira de fazer o acompanhamento das horas. Além de ser uma ferramenta de gestão, apontar os horários de entrada e saída dos colaboradores é uma obrigação prevista no artigo 74 da Consolidação das Leis de Trabalho (CLT).

Neste guest post oferecido pelo Tangerino, você vai aprender porque a marcação de ponto é importante para o seu negócio e descobrir qual é a melhor ferramenta com essa.

Continue a leitura!

Manter conformidade com a lei

O primeiro ponto importante do registro de ponto é ficar em conformidade com a lei. Caso contrário, a empresa fica suscetível ao recebimento de multas do Ministério do Trabalho. O órgão determina que estabelecimentos com mais de 20 colaboradores devem fazer a anotação da hora de entrada e de saída dos trabalhadores.

A marcação correta da jornada de trabalho deve conter os horários de entrada e saída do serviço e também os intervalos intrajornada, destinados ao repouso e alimentação do colaborador. Da mesma forma que, se horas extras forem executadas, elas também devem estar presentes nos registros.

Assim, ao cumprir essa exigência, a empresa se resguarda de eventuais processos trabalhistas, pois o histórico da folha de ponto servirá como prova para esclarecer as contestações.

Garantir a segurança para empresa e colaborador

Mais do que uma exigência legal, o registro de ponto é um benefício tanto para a empresa quanto para o colaborador. A medida torna a relação de trabalho mais segura e transparente.

O registro de ponto é a principal fonte de informação para a emissão da folha de pagamento, cujo valor pode variar conforme a quantidade de faltas, atrasos e horas extras realizadas. Portanto, é imprescindível que haja compromisso em registrar os horários corretamente.

Senão, ainda que a jornada tenha sido executada corretamente ou até mesmo com horas a mais, sem os registros não há como comprovar o cumprimento.

Percebeu como a prática oferece segurança para todos os envolvidos?

Ganhar agilidade nos processos do DP

Frequentemente apelidado por “DP”, o departamento pessoal é o setor responsável pela parte burocrática da contratação dos funcionários, pagamento dos salários, impostos e contribuições.

Devido à quantidade de atividades que são de responsabilidade do setor, sempre que possível o ideal é proporcionar agilidade nas tarefas do DP. Na apuração da folha de ponto, por exemplo, se não houver tecnologia envolvida o processo pode ser moroso e complicado.

Quando o registro de ponto é feito manualmente o departamento pessoal tem muito trabalho para conferir os dados e corrigir as informações necessárias, como um ponto batido incorretamente ou compensar as horas devidas.

Nesse caso, a automação do controle de ponto torna-se um recurso necessário para automatizar o cálculo das horas trabalhadas, horas extras e banco de horas, evitando erros e retrabalho.

Organização das escalas de trabalho

O registro de ponto é muito importante para a organização das escalas. Pense na seguinte situação: se a empresa não contabiliza os horários em que o colaborador iniciou e encerrou o seu trabalho, como definir as folgas por compensação de horas ou saber se a pessoa tem direito ao pagamento de horas extras?

Ainda que o negócio opere com uma escala de trabalho única, como a 5×2, na qual a cada cinco dias trabalhados são necessários dois dias de folga, vez ou outra, alguém vai precisar estender o seu horário de trabalho por causa de alguma demanda. Logo, o controle de ponto é fundamental.

Como fazer o registro de ponto na sua empresa?

Agora que você já entendeu importância do controle de jornada de trabalho, é preciso conhecer as maneiras de fazer o registro, certo?

A CLT permite o uso de sistema manual, mecânico ou eletrônico. Em 2011, com a aprovação da portaria 373, ficou regulamentado o uso de sistemas de controle de ponto alternativos, categoria onde se encaixa o registro digital.

Registro de ponto Manual

Nesse procedimento os colaboradores anotam a jornada no livro de ponto ou fichas e, apesar de ser um procedimento simples, há muita abertura para erros e falsificações.

Registro de ponto Mecânico

O relógio de ponto mecânico ou cartográfico é uma opção de registro de ponto que surgiu para evitar rasuras e falsificações. Para bater ponto neste relógio o colaborador deve inserir o seu cartão de papel para que a máquina insira os horários.

Registro de ponto Eletrônico

Este registro utiliza o Registrador de Ponto Eletrônico (REP) como meio de controle. Nessa opção os funcionários fazem uso do crachá, cartão de ponto individual ou biometria na hora de registrar seus horários.

Registro de ponto Digital

O registro de ponto digital é a opção mais moderna para fazer o controle de horas trabalhadas. Nessa solução os pontos são facilmente registrados pelo computador, tablet ou celular.

Benefícios do ponto digital

Que tal contar com uma opção totalmente segura para fazer o registro de ponto na sua empresa? O Tangerino, por exemplo, é um software antifraude em que não há possibilidade de registros falsos ou que uma pessoa se passe por outra no registro de ponto.

Outra vantagem dessa solução é a possibilidade de fazer a correção dos registros em qualquer época do mês, sem ter que esperar o período de fechamento da folha de ponto, que costuma ser bastante agitado.

No fim das contas, o DP da sua empresa usufrui do registro de ponto otimizado a partir do registro automático das marcações e o cálculo da jornada de cada colaborador e, consequentemente, as horas extras e outras variantes são apuradas facilmente.

Gostou deste conteúdo? Ele foi desenvolvido por Ayalla Nicolau, redatora no Tangerino, empresa de gestão e controle de ponto digital.

Post by SimbioX
Janeiro 17, 2020

Comments