fbpx
Dia da Criatividade - Por que você é criativo e não sabia?

Comunicação Interna

Dia da Criatividade - Por que você é criativo e não sabia?

Cristiano Sacramento
Escrito por Cristiano Sacramento em 30 de julho de 2021

A criatividade tem um dia para chamar de seu, e é 21 de Abril.

Celebrar a criatividade, à primeira vista, parecer ser uma data apenas para artistas e figurões da publicidade, certo?

Afinal, são eles quem usam criatividade diariamente (será?).

Mas, por que entender e aplicar criatividade é importante para você?

Um dos motivos está na famosa lista das habilidades do futuro do fórum econômico mundial.

Por exemplo, a tabela completa abaixo mostra as 15 principais habilidades para o futuro:

dia da criatividade

Notou? Sim, criatividade está presente em 5º lugar.

Acredite: o Fórum Econômico Mundial não colocou essas palavras para agradar artistas, afinal, a lista é um diagnóstico de todas as profissões do mundo.

Então, viu como aprender sobre criatividade é importante para se manter relevante no seu trabalho?

Mas, antes de correr para um curso de artes, fique tranquilo: você já é criativo.

Talvez você não saiba usá-la ao seu favor.

Mas, continue aqui.

Aproveitando o Dia da Criatividade, neste artigo vamos te mostrar 3 mitos para você esquecer e começar a usar a criatividade todos os dias (com ou sem inspiração).

Preparado para usar a criatividade sem medo daqui pra frente? Então continue lendo.

O que é criatividade?

Antes dos mitos que bloqueiam sua criatividade, vamos entender o que significa essa palavra?

Bom, existem várias definições disponíveis por aí, contudo, para simplificar, vamos usar a origem da palavra.

Criatividade é uma derivação do latim creare, portanto, trata-se do ator de criar.

Veja como já ficou mais simples (e menos assustador) imaginar o que é criatividade.

Porém, para deixar em nosso contexto, vamos entender criatividade como a tecnologia capaz de resolver problemas.

O que, tecnologia?

Isso mesmo, uma tecnologia. E para explicar isso, vou usar uma frase sensacional do Professor de criatividade Murilo Gun:

“Tecnologia é qualquer coisa que aumente nosso desempenho”.

Certo, se criatividade é uma tecnologia para resolver problemas, logo, quem precisa de criatividade?

Sim, todos que tem problemas.

Você tem algum problema para resolver no trabalho? Então meu amigo(a), você precisa de criatividade.

Agora, confira abaixo 4 mitos para você esquecer e começar a ser criativo no trabalho:


1 – Mito do artista

No início do texto, falamos sobre criatividade e o mundo das artes.

Então, se você entendeu até aqui, percebeu que criatividade não é uma habilidade (ou tecnologia) reservada para artistas.

Isto é, criatividade é para pessoas que precisam resolver problemas.

E problemas temos de monte, certo?

Por exemplo, ao pensar no trabalho, quais tipos de problemas vêm à mente?

  • Como bater as metas do final do mês?
  • Como entregar o relatório sem erros?
  • O que faço para aumentar o faturamento?

Ou ainda:

Vamos ficar apenas nestes exemplos, mas a lista poderia ser maior, né?

Agora, existe duas formas de resolver os problemas:

1 – Tradicional: repetindo o que já foi feito;
2 – Criativa: não fazendo o primeiro.

Aqui, você decide se vai ser criativo ou não.

Portanto, esqueça criatividade como uma habilidade reservada a pessoas especiais.


dia da criatividade

2 – Mito do dom

“Tudo bem, criatividade não é para artista. Mas, neste caso, preciso nascer com o dom da criatividade, certo?”

Você está absolutamente certo.

Sim, você precisa ter o dom da criatividade.

Aliás, sem esse dom, esquece tudo que você viu até aqui.

Mas, qual é o dom da criatividade?

Existe uma forma de testar agora mesmo se você tem este dom.

Quer testar?

É simples. Quero que você imagine uma vaca roxa com bolinhas brancas?

Imaginou?

Será quase impossível não pensar agora mesmo em uma vaca roxa com bolinhas brancas.

Então, você acabou de confirmar que possui o dom da criatividade.

Sim, ele está aí (ainda bem!).

Ficou confuso? Calma, explico melhor.

Afinal, qual é esse dom?

É a sua imaginação. Sim, o dom da criatividade é a capacidade de você imaginar.

Pois, toda solução criativa começa na sua imaginação.

Quer uma prova de uma pessoa criativa?

Veja essa afirmação de Walt Disney:

“Se você consegue imaginar, consegue fazer”.

Você teria coragem de negar que Walt Disney foi uma pessoa criativa?

Se tiver dúvidas, lembre da Disney, Mickey, Parques, Princesas, Castelos, Desenhos Animados…

Sim, o principal dom para criatividade é a imaginação, pois ela te fará esquecer do próximo e último mito:


dia da criatividade

3 – Mito do acaso

Ok, criatividade vem do acaso, ou seja, só serei criativo quando estiver inspirado?

Se você depende de inspiração para ser criativo, você caiu no mito do acaso.

Isto é, acreditar que a criatividade é fruto do acaso.

Em outras palavras: você não se prepara para ser criativo, ela apenas vem “do nada”.

Imagina de quanta “inspiração” Thomas Edson precisou para tentar 1.001 vezes antes de criar a lâmpada.

Pois é, criatividade é sinônimo de prática e repetição.

Mas, existe uma “fórmula” para criatividade.

Ela é divida em 4 etapas:

1 Preparação

Com o problema à vista, você busca uma forma de resolver o problema usando seu repertório pessoal (conhecimentos e experiências).

2 Incubação

Após verificar seu repertório pessoal e buscar outras informações, agora é hora do cérebro fazer sua parte.

Neste estágio, o cérebro faz combinações de tudo o que foi coletado.

Parece que essa etapa está fora do seu controle. Mas, é possível estimular seu cérebro a incubar ideias em busca de soluções.

Para isso, você precisa estar em um estado onde sua mente possa pensar livremente.

Quer dois exemplos simples: caminhando ou tomando um banho.

Acredite: faça a etapa 1 (preparação) e dê uma boa caminhada. Daí, comece a notar como algumas informações começam a se conectar na sua mente.

Basta lembrar de quantas ideias você já teve no banho ou fazendo uma caminhada.

3 – Iluminação:

Aqui é o momento “eureka”.

Ou seja, depois do cérebro fazer a combinação e gerar a ideia, você tem uma hipótese para executar a última etapa:

4 – Verificação

Agora é hora de validar a ideia (afinal, não existe uma única resposta).

Você ficaria surpreso como é possível treinar e se preparar para cada uma dessas etapas.

Mas, isso é tema para um próximo texto (se quiser saber mais sobre o assunto, deixe nos comentários).

Documentários para te fazer repensar criatividade

Antes de concluir, separei 3 dicas excelentes para você continuar na sua jornada de criatividade.

Vamos lá?

Reaprendizagem criativa – Murilo Gun

Já falamos sobre o Murilo Gun neste texto.

Se você só lembra do Murilo pelos shows de comédia, então, vai se surpreender com o Murilo empreendedor e professor de criatividade.

Aliás, os mitos desse texto foram extraídos do curso: “Reaprendizagem Criativa”.

Então, a primeira dica de conteúdo é pesquisar pelo curso do Reaprendizegem Criativa.

O curso é um intensivo de criatividade e vai te ajudar a se preparar, entender e aplicar a criatividade todos os dias.

Se você gostou dos mitos, vai amar descobrir os bloqueios e técnicas de criatividade do curso (sério, é animal).

O curso ficou um bom tempo grátis e talvez ainda esteja, portanto, visite o site do curso para obter mais informações.

Abstract

Como é o processo criativo de pessoas famosas?

Essa é uma das perguntas respondidas pela série documental “Abstract”.

A série é em um mergulho criativo na vida de pessoas que usam criatividade para criar as coisas mais belas do mundo.

De um gênio da arquitetura dinamarquesa à designer de álbuns ícones da história do Rock.

Você vai conhecer pessoas famosas (e comuns como eu e você) falando sobre como fizeram verdadeiras obras-primas.

O documentário já está na segunda temporada e você acompanha tudo pela Netflix.

Como o cérebro funciona?

Se você quer descobrir a biologia por trás da criatividade, esse documentário é obrigatório.

São apenas 40 minutos com muita informação relevante, dados e pesquisas sobre o tema.

Conclusão

Criatividade é uma tecnologia para resolver problemas.

Então, imagina o que sua empresa conseguiria fazer se todos os colaboradores abusassem da criatividade?

Estimular a criatividade como habilidade do futuro é manter seus colaboradores e sua empresa relevantes.

Pois, os problemas só fazem duas coisas: crescem e ficam complexos.

Então, que tal compartilhar esse artigo com seus colaboradores?

Agora, se quiser receber conteúdos como esse na sua caixa de e-mail, deixe seu e-mail abaixo e assine nossa newsletter:

Conteúdo novo toda semana

Entre para nossa lista e receba o melhor conteúdo do blog

E aí,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *