fbpx
RH Digital, como aplicar e ter retorno?

RH

RH Digital, como aplicar e ter retorno?

Cristiano Sacramento
Escrito por Cristiano Sacramento em 29 de abril de 2021

RH Digital se tornou um tema popular nos últimos anos.

Claro, em um mundo onde a tecnologia é parte da rotina de todos, é fácil entender os motivos de levar esse assunto para o RH.

Afinal, recursos humanos era uma área historicamente ligada a processos manuais e “defasados”.

Mas, isso mudou bastante.

Atualmente, empresas que valorizam o crescimento saudável, entendem o papel fundamental do RH para atingir seus objetivos.

Agora, voltando ao RH Digital, há uma confusão quanto ao real significado desse termo para as empresas.

Pois, alguns acreditam que RH Digital é substituir rotinas repetitivas por tecnologias com inteligência artificial.

Bem, isso é apenas uma das etapas do RH Digital.

Mas, reduzir RH Digital “ao uso de tecnologia”, é como enxergar só a ponta do iceberg.

RH digital imagem de um iceberg

Na verdade, RH Digital é primeiro um conceito e depois uma metodologia.

Então, para te ajudar a descobrir o real significado de RH Digital e revelar como usá-lo sem gastar fortunas, continue lendo este artigo.

O que é RH Digital?

O uso de tecnologias torna o RH tecnológico, porém é diferente de torná-lo eficiente.

Isso acontece quando a compra da tecnologia foi feita sem considerar o real objetivo.

É tentador ouvir como a tecnologia trouxe resultados para outras empresas, porém, às vezes a melhor tecnologia para sua necessidade é uma boa planilha de Excel.

Por isso, RH Digital é também um conceito, pois o resultado é fazer a tecnologia trabalhar para você (e não o contrário).

Apenas tratar o assunto deste jeito, já vai economizar uma boa grana para sua empresa.

Mas, se RH Digital é um conceito e uma metodologia, como ele funciona?

Continue lendo e confira as respostas nos dois próximos tópicos.


rh digital lampada com papel

RH digital como conceito

Enquanto conceito, RH Digital é uma forma de pensar RH do ponto de vista da inovação.

Essa forma de pensar passa pela revisão e substituição de processos tradicionais.

Isso significa que os processos tradicionais estavam errados?

Não. É apenas concluir que eles precisam se adaptar à nova realidade (digital, acessível e inclusiva).

Por outro lado, essa forma de pensar RH deve estar alinhada com a cultura, estratégia e necessidades da empresa.

Ou seja, toda e qualquer aplicação de RH Digital deve passar por três critérios:

1. Cultura

Antes de aplicar RH Digital, conheça a cultura da empresa como ninguém.

Ok, mas por que isso é importante?

Guarde essa informação: o tipo de cultura da sua empresa é capaz de fazer uma ótima tecnologia parecer inútil.

Por exemplo, por que oferecer um aplicativo para consultar holerites se as pessoas não usam celular no trabalho?

Sendo assim, analise se a ferramenta usada faz sentido para a cultura da sua empresa.

2. Estratégia

Os departamentos da empresa (e RH não é uma exceção) possuem uma missão simples: atingir os objetivos da empresa – seja em receita, lucro ou crescimento.

Pensar em RH Digital neste sentido, é entender como as tecnologias vão ajudar com esse objetivo.

Pois, do contrário, a tecnologia é somente um custo para manter as aparências de um “departamento tecnológico”.

Então, pergunte-se: de 0 a 10 – o quanto essa tecnologia vai nos ajudar a alcançar os objetivos da empresa?

3. Necessidade

RH Digital deve partir de uma necessidade clara do departamento. Afinal, investir onde não há necessidade, é literalmente jogar dinheiro no lixo.

Por isso, a melhor pergunta que você deve fazer é:

  • Eu realmente preciso disso?
  • Preciso disso agora?
  • Essa é a melhor opção?

Essas perguntas vão te ajudar a guiar a sua decisão.


RH digital conceito

RH digital como metodologia

Agora vamos à parte prática do RH Digital.

Primeiro, se chegou até aqui, é porque RH Digital enquanto conceito ficou claro para você, certo?

Pois, começar pela metodologia é apenas 50% do trabalho.

Com isso em mente, agora veja como funciona a metodologia do RH Digital:

1. Escolha um problema para resolver

Comece caçando problemas.

Isso mesmo, identifique os pequenos problemas com maior impacto para estratégia da empresa.

Desta forma, mesmo se a tentativa falhar, o impacto financeiro será igualmente pequeno.

Então, quais são os problemas que impedem sua área de atingir as metas da empresa?

2. Estabeleça uma meta clara

Parece óbvio, mas ignorar ou tratar superficialmente esta etapa, é como começar o jogo com placar negativo.

Dito isto, definir meta também é ir além de imaginar o cenário atual (a) e desejado (b).

Por esta razão, recomendo usar o conceito de META SMART.

Nunca ouviu falar?

Fique tranquilo, vou explicar.

SMART são iniciais das palavras:

  • Specific (Específico)
  • Mensurable (Mensurável)
  • Attainable (Atingível);
  • Relevant (Relevante)
  • Time Based (Temporal).

Veja abaixo como cada um desses elementos funcionam para compor a sua meta:

Specific (seja específico)

Primeiro, sua meta deve ser específica.

Por exemplo, “melhorar os processos internos” é o oposto de uma meta específica.

A meta deve ter elementos facilmente identificáveis, por exemplo:

“Melhorar os processos internos” poderia ser:

“Reduzir o tempo de triagem de currículos”.

Percebeu a diferença?

Uma meta específica dá clareza evita dúvidas sobre o que deve ser feito.

Mensurable (você consegue medir isso?)

O segundo elemento da meta SMART é Measurable (Mensurável), ou seja, você deve conseguir medir seu desempenho.

Como assim?

Voltemos ao exemplo de “reduzir o tempo de triagem de currículos”.

Neste caso, como é possível medir o resultado?

Simples, basta calcular quanto tempo é gasto para realizar o processo de admissão.

Assim, ao adotar uma nova tecnologia será fácil identificar se houve sucesso ou fracasso no projeto.

Portanto, escolha problemas onde é possível mensurar – de preferência com números.

Outra vantagem desse método é a facilidade em mostrar o retorno para a diretoria.

Pois, com dados do “antes” e “depois” você mostrará como o orçamento foi bem utilizado.

Attainable (esta meta é atingível?)

Desperdiçar recursos e tempo é um luxo para pouquíssimas empresas.

Se não é seu caso, faça-se a seguinte pergunta:

  • Este objetivo é atingível?

Uma forma de descobrir isso é conhecendo bem a capacidade da sua equipe e o histórico de outros projetos.

Assim, você terá uma noção sobre a probabilidade real de atingi-lo.

Na dúvida, “nem no céu, nem na terra”, isto é, ache o equilíbrio entre o que seria “excelente” e o que seria “bom”.

Relevant (isso é relevante?)

Alguém disse:

“Não temos falta de tempo, temos falta de foco”

Pois, se é para investir o tempo do seu time e recursos da empresa, tenha certeza se o objeto é relevante.

Para isso, faça um exercício simples:

Prepare uma planilha com as seguintes informações:

  • Liste as sugestões de metas;
  • Em cada uma delas, coloque 3 colunas ao lado direto com os nomes: Valor, Confiança e Facilidade;
  • Com a sua equipe, dê uma nota de 1 a 10 para cada coluna (Valor, Confiança e Facilidade);

Interpretando cada coluna:

  • Relevância: qual relevância da meta para estratégia da empresa?
  • Confiança: qual grau de confiança que dará certo?
  • Facilidade: qual nível de facilidade em executá-la?

Por fim, defina um valor aceitável (por exemplo, 7) para declarar a meta relevante ou não.

Time based (quando seu projeto acaba?)

Sua meta deve ter começo, meio e fim. Portanto, estabeleça um prazo para isso.

A regra do atingível também é útil aqui, pois você deve considerar o tempo razoável para construir o resultado.

Por fim, faça revisões periódicas entre o início e final do projeto

Essas revisões servirão para corrigir desvios do projeto e aumentar suas chances de sucesso.

Conclusão

RH Digital é uma forma inteligente de promover a transformação no RH da sua empresa.

E essa transformação significa resultados diretos para
estratégia da empresa.

Pois, como dito, sem alinhamento entre essas duas coisas, RH Digital é apenas ter um “RH tecnológico”.

Ok, mas quais tecnologias usar?

Claro, vamos te ajudar a responder essa pergunta.

Por isso, preparamos uma seleção com ferramentas fantásticas para você aplicar RH Digital na sua empresa.

Esse material já foi baixado por mais de 400 pessoas e você terá acesso agora – totalmente grátis.

Neste ebook você vai descobrir 5 ferramentas para agilizar a transformação digital no seu RH.

Então, corra e deixa seu e-mail abaixo para garantir sua versão grátis agora mesmo.

Ebooks

RH Digital 5 ferramentas indispensáveis para aplicar a transformação digital no RH

E aí,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *