Ferramenta essencial na gestão de pessoas, o plano de carreira tem o poder de aumentar a motivação dos colaboradores e aprimorar as competências – dois itens primordiais quando se espera resultados positivos para a empresa, não é mesmo?

Exemplo de Plano de Carreira

Mesmo outras ações que promovam a motivação no trabalho, como:

  • Treinamentos;
  • Horários flexíveis;
  • Benefícios bacanas;
  • E um clima organizacional agradável, nada substitui o plano de carreira.

Além de tudo que citamos acima, para o funcionário se manter motivado é preciso que o seu trabalho tenha um objetivo mais adiante, ele precisa vislumbrar uma recompensa final que compense todo o esforço investido nos projetos.

 

O que é plano de carreira? 

O plano de carreira é um programa estruturado, que determina toda a trajetória que cada colaborador percorrerá dentro da empresa.

Ele define as competências necessárias para cada cargo e, também, qual é a expectativa da empresa.

trajetória plano de carreira

Esse planejamento todo deve fazer parte das reuniões sobre Employee Experience.

A dica de ouro é: se a sua empresa se preocupa em oferecer um serviço diferenciado para os clientes, o mesmo deve ser feito com os colaboradores.

É pelo plano de carreira que o colaborador tem a oportunidade de entender por quais fases passará dentro da organização, quanto tempo ficará em cada uma delas, etc.

Por isso, é importante que a empresa invista no desenvolvimento de seus colaboradores em toda a sua jornada.

Tipos de plano de carreira

Plano de carreira em Y

Esse é o plano em que o colaborador encontra um túnel com dois caminhos a escolher, assim como a própria letra Y. E aí, o que acontece? Ele tem que decidir qual caminho seguir: o de gestor ou especialista.

Aqui os gestores conseguem reconhecer os avanços de seu time, mais especificamente, daqueles que não almejam um cargo de liderança na empresa.

É uma estratégia muito escolhida por departamentos em desenvolvimento. Então, você verá muitas novas ideias para o departamento, produtos ou manter uma concorrência bem consistente

Plano de carreira em W

O plano de carreira em W tem mais a ver com gestão de projetos, diferente do plano Y. Nesse caso, é posta em jogo uma terceira opção.

É um cargo de total entrega na hora de avaliar projetos e ideias a serem colocadas em prática pontualmente.

Através desse cargo, o colaborador consegue dar feedbacks mais técnicos, sendo como um tipo de consultor particular. Geralmente, funciona melhor em áreas que trabalham com tecnologia

Nesse caso, pode ser um dos desenvolvedores da empresa, por exemplo, já que ele terá mais habilidades para esse cargo de gestor.

Plano de carreira paralela

Aqui é um plano de carreira para trainee.

Com um caminho não muito diferente dos recorrentes em empresas que já adotam planos de carreira, esse tipo de plano segue uma hierarquia, abordando desde o recrutamento pessoas que possam se tornar líderes.

Por que preciso investir no plano de carreira? 

O planejamento de carreira é uma estratégia de gestão de pessoas potente na motivação e no engajamento dos colaboradores.

É importante dizer: este planejamento profissional pode ser desenvolvido pela empresa, mas também pode ser encabeçado por você!

Isso nos leva ao segundo motivo pelo qual este planejamento é importante: não só por estimular o crescimento profissional e alavancar a vida profissional, mas o plano de carreira também proporciona aos colaboradores um plano de vida.

Sim! Quando bem estruturado, o plano de carreira oferece ao colaborador a transparência e a tranquilidade necessárias para elaborar um plano e alcançar seus objetivos de forma rápida, concisa e eficiente.

Como traçar o meu plano de carreira? 

É bom deixar claro que o modelo do plano de carreira pode variar de empresa para empresa, uma vez que ele é um roteiro criado para cada um dos cargos existentes na organização.

É importante fazer uma avaliação pessoal. Faça uma reflexão sobre quais são os seus pontos fortes e o que deve ser melhorado na questão profissional. Assim você consegue definir, com clareza, o que você quer e aonde aspira chegar.

Ah, uma coisa importante: não se esqueça de definir seus objetivos pessoais juntamente com os profissionais; e suas reais necessidades.

Apesar de um profissional dedicado, você também precisa de um tempo para se dedicar à família, amigos e a si mesmo.

Você pode começar a nortear o seu plano de vida (carreira + vida pessoal) respondendo as seguintes perguntas:

  • Qual a minha missão?
  • Qual o meu propósito?
  • O que eu faço, que me deixa verdadeiramente feliz?
  • O que eu sempre quis conquistar, mas nunca tive coragem?
  • Onde quero estar daqui a 5, 10, 15, ou 20 anos?
  • Como eu quero estar quando me aposentar?

Com os objetivos definidos, parta para a ação! Elabore estratégias que te auxiliem a chegar lá.

Um intercâmbio, talvez? Uma especialização, uma nova língua ou um curso que desenvolva novas habilidades.

A lição de casa é responder: o que falta acontecer para você atingir suas metas?

atingir metas

Coloque o seu plano de carreira no papel 

É que eu sou das antigas, mas você pode substituir o papel por uma planilha do Excel. Dê uma olhada na nossa sugestão:

1- Data: (aqui você coloca o dia em que começou o plano de carreira)

2- Objetivo específico: (se você é um estagiário, seu objetivo pode ser a efetivação)

3- Competências comportamentais que possuo: (motivação, adaptabilidade, criatividade etc.)

4- Competências comportamentais que preciso desenvolver: (trabalho em equipe, comunicação, liderança etc.)

5- Capacidades técnicas que possuo: (habilidade com informática e tecnologia, conhecimento em marketing digital, análise de dados…)

6- Capacidades técnicas que devo aperfeiçoar: (espírito empreendedor, habilidade de negociação, outras línguas…)

7- Objetivo específico alcançado em: (aqui você coloca a data limite em que o seu objetivo deve ser alcançado)

8- Anotações gerais: (o que mais você tem a dizer sobre o seu planejamento?)

É importante dedicar um momento do seu dia para ler e atualizar o seu plano de carreira. Isso ajudará a não esquecer dos seus planos, mesmo diante das dificuldades do dia a dia.

Como criar um plano de carreira para colaboradores?

O mercado de trabalho é formado por profissionais ávidos por novas experiências, oportunidades de aprendizado e crescimento profissional.

Essa busca incessante pela garantia de novas posições de destaque no mundo corporativo leva as empresas a buscarem novas soluções para a retenção de talentos.

A gestão de carreira é a prática mais eficaz para a organização que deseja tanto reter os seus colaboradores quanto aproveitá-los para melhoria dos resultados e satisfação dos funcionários. 

O ideal é que a empresa tenha as diretrizes e condutas, tais como missão, visão, valores, código de ética, e tudo o que deve ser respeitado, padronizado. A identidade da empresa deve ser seguida em todos os processos.

Com uma cultura organizacional bem estabelecida, fica mais fácil fazer a avaliação de desempenho do colaborador.

Esta é uma ferramenta que consegue avaliar cada funcionário com relação às atividades desempenhadas por ele, quais os resultados que ele entrega e como pode ser desenvolvido profissionalmente. 

Ela serve tanto para avaliar os colaboradores em suas funções atuais quanto para estimar o potencial que este profissional tem para contribuir com a empresa. 

E os benefícios para a empresa vão muito além da retenção de talentos, viu?!

Podemos citar a motivação no ambiente de trabalho, a formação de líderes com o DNA da empresa e a atração de novos talentos.

carreira profissional de sucesso

Falando em atração de talentos, este artigo dá dicas sobre perguntas que você pode fazer ao recrutador durante a entrevista. Olha que oportunidade bacana para você descobrir se a empresa tem plano de carreira!

Como armazenar e gerenciar todas essas informações com agilidade? 

Se tem um setor que trabalha com muita informação, esse setor é o RH. Sabemos que com essas informações todas a tarefa de gerenciar, manter atualizadas e ainda torná-las acessíveis não é fácil.

Para aliviar a barra que é trabalhar no RH, sugerimos a utilização da SimbioX Intranet.

Essa é uma ferramenta totalmente personalizável que possibilita o gestor a criar um “menu” próprio e inserir as funcionalidades que mais fazem sentido para suas estratégias, tais como: employee experience, plano de carreira, banco de talentos, avaliação de desempenho, entre tantas outras.

Você também pode centralizar documentos, informações, notícias, ações de mercado, ações de marketing, aniversariantes, mudanças, formulários, notícias da empresa e muito mais!

Recomendo que visite o site da SimbioX e descubra um pouco mais sobre a nossa ferramenta de intranet. Ela será uma grande aliada até na transparência das informações aos seus colaboradores.

Mas me conte uma coisa...

Como acontece a centralização e disponibilização de documentos e informações do banco de talentos na empresa em que você trabalha? Conta pra gente nos comentários!

Além disso, é importante lembrar que você, profissional de RH, líderes, gerentes etc., pode conversar com seus colaboradores sobre quais são os planos para o futuro dele tanto pessoal quanto profissionalmente.

Não deixe de buscar o engajamento e desenvolvimento deles porque, além de ser bom na hora de reter seus colaboradores, é um grande passo para esse plano de carreira que buscam desenvolver.

Sendo assim, espero que este artigo tenha ajudado e que coloque todas as dicas em prática!

Post by Cristiano Sacramento
Junho 19, 2022

Comments