fbpx
O que é organograma Empresarial?

Comunicação Interna

O que é organograma Empresarial?

SimbioX
Escrito por SimbioX em 24 de março de 2020
O termo estrutura organizacional tem o mesmo sentido de organograma.

O organograma empresarial é um mecanismo muito usado no mundo corporativo para apoiar a estruturação das áreas de negócios, deixando claro quais as funções desempenhadas pelos colaboradores.

Ele ilustra todos os cargos e áreas internos, e apresenta como funciona o negócio, deixando claro qual departamento é responsável pelo processo, bem como, qual atividade é de responsabilidade de um colaborador ou gestor.

Toda empresa possui níveis hierárquicos, organizados conforme os cargos existentes. O organograma é o esqueleto da empresa, que serve para organizar a empresa.

Um organograma empresarial agrupa quais são as áreas, departamentos e cargos que fazem parte da empresa. Simplesmente para que seus funcionários entendam seu papel nesse contexto.

Ao entender estruturalmente como funciona a empresa, os funcionários trabalham mais confiantes e as atividades em time costumam fluir melhor, por cada um possa claro qual seu papel.

Como a comunicação fica mais fluida nesse contexto, entendemos que o organograma tem um papel muito estratégico na organização, pois envolve toda gestão de pessoas e processos, estabelecendo os cargos e responsabilidades de todos os colaboradores.

Benefícios do organograma para organização

O organograma empresarial tem algumas funções muito importantes na estrutura organizacional.

Em empresas de grande porte por exemplo, alguns papeis não ficam tão claros para alguns colaboradores, nem quem é o líder daquele processo.

Quando a estrutura fica clara para todos, dos papeis e interações, isso ajuda muito na motivação dos colaboradores, porque eles conseguem entender com quem devem se retratar em situações mais críticas, e para aqueles que almejam crescer na estrutura, qual o próximo cargo no organograma.

Uma das atividades mais complexas de um gestor é manter a equipe trabalhando comprometida e unida, alinhada com as metas empresa. Lidar com pessoas não é uma tarefa fácil, já que cada pessoa possui suas características e personalidade.

A competição deve ficar em um nível sadio de competição, para servir de exemplos uns aos outros, ao ponto que um colaborador veja o esforço do outro e tente se esforçar igual ou mais do que o colega.

Mas a única forma de jogar limpo e ser transparente com sua equipe é trabalhar com dados para apresentar. Por isso, além da clareza do organograma organizacional, a gestão de desempenho, que tratamos em outro post, é um assunto bastante importante para as empresas.

Uma outra ocasião em que o organograma empresarial é muito importante;

É quando entra um novo funcionário na empresa. Normalmente é o funcionário mais antigo que o integra e apresenta para a empresa, realizando o onboarding do novo colaborador.

O novo colaborador é apresentado ao time e as outras áreas e líderes de cada departamento.

Nesse início, o organograma tem papel fundamental para o novo funcionário conhecer as pessoas com quem irá interagir. Quais são seus nomes, funções, quem são seus pares, quem terá mais contato e quem o ajudará a resolver problemas de ordem maior.

Em empresas com funções parecidas, mas áreas diferentes, o organograma tem papel fundamental na gestão de conflitos entre os departamentos, pois consegue segmentar a atividade especifica à área em questão.

Além disso, fica visível quais outros cargos e funções que podem ser incorporados para uma melhora da produtividade. 

Por isso, trabalhar a cultura organizacional da empresa e proporcionar benefícios como plano de carreira, geram maior motivação dos times.

Cultura de proatividade

Empresas muito burocráticas costumam ter problemas na realização das atividades, na rapidez para resolver problemas e acabam desmotivando muitos funcionários.

Quando as informações são centralizadas em um lugar, fica mais fácil enxergar quais áreas da empresa estão demandando priorização das tarefas, ou qual departamento está precisando rever seu processo. 

Além disso, saber quem são os responsáveis por cada atividade, facilita a comunicação interna, pois agiliza quem devemos contatar para concluir uma tarefa.

Os Componentes de um Organograma

Mesmo o organograma sendo visual e muitas vezes simples, sempre surgem dúvidas com a relação à sua estrutura.

Componentes organograma
Divisão horizontal do trabalho. Autoridade e hierarquia. (cadeia de comando) Unidades de trabalho (cargos e departamentos) Linhas de comunicação.
Por isso vamos explicar todos os itens que compõem um organograma empresarial e seus significados:
  • Linhas de comunicação: são as linhas que unem cargos ou áreas da companhia. Mostra que existe uma hierarquia entre os departamentos;
  • Cargo ou área: são as caixinhas, onde deve estar escrito o nome do funcionário ou de um departamento/equipe;
  • Hierarquia: essa linha funciona de cima para baixo, sempre do maior cargo para o menor cargo, ou da esquerda para a direita;
  • Divisão horizontal: esses são para cargos ou áreas que tem o mesmo nível hierárquico.

Os tipos de organograma

Após entender o que é um organograma, vamos apresentar os diferentes tipos que existem, para entender qual deles se aplica melhor a sua empresa.

Cada um deles é necessário entendimento de sua aplicabilidade para serem bem administrados.

Abaixo alguns modelos existentes:
Modelo Vertical (ou clássico)
Organograma vertical

É a opção mais comum utilizada pelas empresas. Apresenta a hierarquia de cima para baixo.

No ponto mais alto fica a Diretoria/Vice Presidência, e os subordinados ficam abaixo, conforme a ordem de subordinação.

Se aplicam a empresas mais tradicionalistas e rígidas. No topo estarão os cargos de maior poder e de maiores responsabilidades.

A ordem dos cargos: presidente ou dono > seguido por diretores > gerentes e assim em diante.

Modelo Circular (ou radial)
Organograma circular

É o organograma onde a hierarquia é apresentada de forma mais igualitária, onde todos os cargos são colocados lado a lado, no formato de um círculo.

Começa pelo centro, onde os cargos mais altos se encontram – diretores e gerentes – e se espalham para os lados, com os cargos aos quais são ligados.

É o tipo de organograma usado nas empresas com perfil inovador e que tem um perfil mais colaborativo, não deixando claro quem são os líderes e quem são os colaboradores.

Usado nas colaborações “moderninhas”, que possuem a cultura do trabalho em equipe.

Modelo em Barras
Organograma barras

Utiliza retângulos sobre uma base vertical, representando a autoridade de cada cargo.

Portanto, cada retângulo é proporcional ao nível de autoridade do cargo.

Modelo Linear de Responsabilidade (OLR)
Organograma linear

Esse organograma tem como objetivo relacionar e integrar as diferentes atividades desenvolvidas na empresa e nos colaboradores que as executam, sem foco no posicionamento hierárquico.

O organograma empresarial é uma ferramenta que proporciona todo mapeamento da estrutura organizacional, deixando claro a hierarquia entre os departamentos e definindo as responsabilidades.

Os organogramas devem ser da perspectiva da gestão de negócios, favorecendo a organização igualitariamente.

Deve também ser de fácil acesso ao RH e preferencialmente digital, para ser prático alterá-lo a cada atualização.

Sua empresa possui Organograma? Caso sim, quais ferramentas utiliza?

Na Simbiox possuímos ferramentas inteligentes para construção de organogramas agregados a outras ferramentas de gestão que ajudam o RH a integrar todas as áreas da empresa. Clique aqui para saber mais.

E aí,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *