fbpx
Dinâmica de grupo para trabalho em equipe veja exemplos

Comunicação Interna

Dinâmica de grupo para trabalho em equipe veja exemplos

SimbioX
Escrito por SimbioX em 11 de junho de 2020

Do processo seletivo às reuniões mensais; a dinâmica de grupo para o trabalho em equipe tem feito maravilhas.

Ferramenta essencial para o trabalho em equipe e a queridinha do RH, a dinâmica de grupo divide opiniões: de um lado, os entusiastas, do outro, a galera que torce o nariz quando descobre que terá que participar de uma. 

  • É possível aplicar dinâmicas de grupo rápidas? 
  • Como fazer com que os colaboradores tenham uma experiência positiva? Como transformar isto em um momento de troca, sem que as pessoas se sintam testadas ou vigiadas? 
  • E essa tal de dinâmica de grupo quebra gelo? O que é?”

Por essas e outras razões, neste artigo você verá alguns exemplos de dinâmicas de grupo divertidas e rápidas.

A psicologia por trás da dinâmica de grupo

Essa prática é coisa séria, viu? Após a segunda Guerra Mundial, muitos estudiosos decidiram estudar mais a fundo a influência do grupo para com o indivíduo. 

Sabemos que somos seres que vivem em sociedade e, partindo deste princípio, chegaram à conclusão de que para conhecer o homem, era preciso compreendê-lo no ambiente de grupo em que estava inserido.

Na teoria, tudo ótimo! Mas sabemos que fazer a gestão destes “indivíduos”, na prática, é outra coisa. Cada pessoa – no caso, cada colaborador – é único; possui expectativas, habilidades e vivências diferentes. 

Como conhecer seu colaborador melhor?

Então, é bom avisar que, antes de qualquer coisa, você precisa conhecer o grupo com o qual vai trabalhar.

Vale a pena lançar uma campanha de endomarketing, onde os colaboradores sejam convidados a falar de seus gostos e preferências, compartilhar fotos ou experiências, etc. Fica mais fácil engajar e motivar o grupo durante a dinâmica se você souber identificar o perfil dele.

Você pode identificar um grupo que gosta de esportes, então propor uma atividade voltada ao movimento corporal. Ou, talvez, você esteja lidando com um grupo mais analítico ou, então, você identifica uma equipe pouco entrosada; que tal propor uma dinâmica de grupo quebra gelo? 

Vale lembrar que o endomarketing é essencial para o sucesso de uma empresa. É ele que promove o engajamento, a motivação e o comprometimento do seu primeiro cliente: o colaborador. Os colaboradores são os embaixadores mais importantes da sua marca. 

Se você ainda não utiliza o endomarketing como estratégia de gestão, não tem problema, dê uma olhada neste por para ficar por dentro.

Ah, não se esqueça de sempre coletar dados, depoimentos e sugestões para as próximas ações.

Agora sim, preparado para motivar a sua equipe? Vamos dar exemplos de dinâmicas de grupo para trabalho em equipe super divertidas.

#1 Encontre alguém que… 

Esta é uma dinâmica de grupo rápida e uma das minhas preferidas. Você pode utilizá-la como um “quebra gelo”.

A atividade consiste em encontrar pessoas que possuam características iguais as requisitadas pelo mediador – uma tabela pode facilitar o trabalho. Para isso, os participantes devem fazer perguntas uns aos outros. 

#2 Sim, não, talvez.

Essa dinâmica é ótima quando você precisa promover o diálogo entre a equipe. Distribua três clipes de papel para cada pessoa e explique que as palavras sim, não e talvez estão proibidas. Balançar a cabeça e qualquer outro gesto que se assemelhe a estas palavras também são proibidos. 

Os participantes devem puxar papo com os colegas, mas cada vez que alguém disser uma dessas palavras, deve entregar um clipe para a pessoa com quem estava conversando. Estipule um tempo para a atividade. Ganha o colaborador que conquistar mais clipes. 

#3 Quiz

Sua equipe tem uma apresentação importante, mas você não sabe bem como motivar o pessoal a estudar para a ocasião? Que tal propor um quiz? A plataforma Kahoot é ótima para isso. Você cria a apresentação e os colaboradores conseguem acessar as perguntas do próprio smartphone. 

O conteúdo a ser estudado pode ser disponibilizado na intranet corporativa. Tenho certeza de que fará sucesso.

#4 A receita do monstro

A equipe anda meio desunida? Muita concorrência e pouca empatia com os colegas? Esta dinâmica é bem rápida, porém eficaz. Junte a equipe, distribua papel e caneta para todos. Diga que você dará alguns comandos e que eles devem seguir, sem olhar o trabalho do colega e, também, sem interferir. 

Peça para que desenhem seguindo os comandos abaixo. Dê um espaço de tempo entre um comando e outro, assim todos terminarão juntos.

1- Uma cabeça redonda e grande.

2- Um corpo pequeno e coberto de pelos.

3- Braços compridos com mãos pequenas e garras grandes.

4- Pernas curtas.

5- Pés grandes e arredondados.

6- Olho no meio da testa.

7- Orelhas pontiagudas.

8- Nariz com narinas quadradas.

9- Boca grande com dentes falhados.

Quando todos terminarem, é hora de mostrar os desenhos. Nessa hora você deve levantar os seguintes questionamentos: os monstros ficaram iguais? 
Por que não ficaram iguais se todos receberam as mesmas orientações?

Deixe que os colaboradores reflitam e debatam sobre o assunto. Caso necessário, guie-os para a conclusão de que, apesar de uma equipe, cada pessoa ali é única, com experiências diferentes e isso deve ser respeitado. 

Reforce a importância do trabalho em equipe e da importância da troca que essa vivência com o diferente possibilita.

#5 O enigma

Esta dinâmica de grupo rende tanto boas gargalhas quanto surpresas com as ideias mirabolantes dos colegas. Incentiva a criatividade, a o respeito e a atenção da equipe, uma vez que eles devem prestar atenção na história e nos colegas.

Peça para os colaboradores formarem um semicírculo e leia o enigma:

“Um homem mora no 15º andar de um prédio muito antigo. Nos dias de chuva, ele sobe direto para o 15º andar. Mas, nos outros dias, ele vai até o 7º andar de elevador e sobe oito lances de escada.”

Finalize a leitura com um sonoro: por quê?

Agora é a vez dos participantes: cada colaborador(a) deve dizer a sua teoria sobre a história. Não importa quão absurdo soe, o importante é que todos devem dizer alguma coisa. Caso esteja muito difícil formular alguma ideias, dê uma dica: ele é baixinho.

Depois que todos apresentaram, dê um tempo para discutirem sobre as hipóteses alheias e dê a resolução: 

“O homem era muito baixinho e não alcançava o botão do 10º andar. Quando chovia era possível ir direto para o 15º andar, pois ele apertava o botão com o guarda-chuva. Nos outros dias, subia até o 7º porque era o que alcançava.”

(Divirta-se com a cara de surpresa deles! Rs)

Infográficos

Infográfico da Ergonomia

#6 Cidade dorme

Essa dinâmica é perfeita para trabalhar argumentação, jogo de cintura e raciocínio do seu time.

Aliás, aqui na SimbioX virou uma febre xD:

time simbiox jogando cidade dorme

Apesar de antigo, Cidade Dorme foi recentemente popularizada graças ao jogo Amoung Us. (não é a mesma coisa, mas, é bem semelhante)

Essa dinâmica é um pouco mais loga, mas valerá cada minuto. Pode confiar.

Cidade dorme consiste em distribuir personagens para um grupo dos jogadores.

Dica para distribuir os personagens: escreva o nome dos personagens em um pedaço de papel ou post it, dobre e coloque em um cesto (ou copo). Peça para cada retirar um papel aleatoriamente.

O jogo funciona por rodadas, onde cada personagem terá um função:

  • Assassino: tem o poder de eliminar um jogador;
  • Detetive: tem o direito de perguntar se um dos jogadores é o assassino;
  • Anjo: consegue imunizar um jogador ou a si mesmo (este último, apenas uma vez);
  • Cidadão: sãos os demais jogadores sem função determinada.

Para funcionar, os jogadores devem escolher um mestre – no jogo damos o nome de “deus”.

Esse deus será o responsável por organizar as rodadas e servirá como um receptor das ordens de cada personagem.

Agora, como começar?

deus dirá o comando “cidade dorme”. Nesta hora os jogadores devem fechar os olhos.

Na sequência, deus pede apenas para o assassino acordar e apontar a pessoas que deseja eliminar. Feito isso, deus manda o assassino voltar a “dormir” (fechar os olhos).

O próximo é o detetive. A lógica é a mesma: deus pede para o detetive abrir os olhos. Então, o detetive aponta uma pessoa a qual deseja saber se é o assassino e deus dá sinal positivo ou negativo.

Por último é a vez do anjo. Seguindo com os demais, o anjo aponta a pessoa que deseja imunizar e deus confirma a ordem.

Por fim, deus dá o comando “cidade acorda” para os jogadores abrirem os olhos.

Agora é o momento onde deus revela o que aconteceu enquanto a “cidade dormia”, ou seja, informa se uma pessoa foi eliminada.

Lembrando: caso o anjo tenha imunizado a pessoa eliminada, essa pessoa permanece para a próxima rodada (claro, deus não pode dizer se houve imunização, apenas que ninguém morreu).

Aí vem a melhor parte…

Todos os jogadores devem escolher uma única pessoa para expulsar (julgado ser o assassino).

Agora é hora de argumentar, blefar e tentar criar uma estratégia para permanecer no jogo.

Garanto: esse parte renderá momentos memoráveis e engraçados xD.

Certo, mas como o jogo acaba?

É simples, ao final, ou o bem vence por eliminar os assassinos, ou o mal por permanecer até a última rodada.

Veja abaixo um pedacinho de uma das rodadas aqui na SimbioX:

🎁 DICA EXTRA: Quarentena Fashion Week

Em tempos de pandemia, não é mais segredo que o modelito do trabalhador em home office é, no mínimo, exótico. Fomos expostos xD

Convide a equipe para uma reunião. Diga que hoje eles desfilarão com o look quarentener deles. Esteja preparado para ser o primeiro(a). 

Se tudo der certo, a Quarentena Fashion Week pode virar uma campanha de endomarketing.

Conclusão

Estas são as nossas dicas de dinâmicas para o trabalho em grupo ser uma coisa mais prazerosa e divertida. Já foi o tempo em que respondíamos as perguntas do gestor com frases prontas ou inventávamos um relatório (de última hora) para não participar deste momento. 

A ideia é que a dinâmica de grupo possa ser um espaço de troca e, muitas vezes, de acolhimento. É necessário que os colaboradores se sintam seguros e motivados. Trabalhamos com pessoas, não máquinas.

E você: já teve alguma experiência legal com as dinâmicas de grupo na sua empresa? Já participou de alguma dinâmica de grupo que você, simplesmente, queria sair correndo? 

Deixe seu comentário.

E aí,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 Replies to “Dinâmica de grupo para trabalho em equipe veja exemplos”

Toninho

Gostei muito do texto.
Bastante fácil de ler e elucidativo.
Participei de inúmeras dinâmicas durante minha carreira e conduzi outras centenas (talvez milhares???).
Elas sempre nos ajudam a conhecer o outro e a nos conhecer melhor.
Parabéns pelo artigo.

Alessandra

Achei mega interessante. Adorei todas!!!! Com certeza irei usar.

Alessandra

Achei muito legal!

Aidil dos Santos Vaz

Muito boa as sugestões adoro trabalhar com dinâmicas acho hiper necessária para valorizar palestras cursos enfim amei as sugestões

Aidil dos Santos Vaz

Conteúdo muito rico para usar no meu trabalho

Halana Ramos

Muito bom! Vou colocar em prática essas ideias.
Obrigada!