fbpx
Comportamento organizacional: o que é e como ele te ajuda a construir uma empresa saudável?

RH

Comportamento organizacional: o que é e como ele te ajuda a construir uma empresa saudável?

Cristiano Sacramento
Escrito por Cristiano Sacramento em 6 de abril de 2021

Comportamento organizacional é, antes de tudo, um estudo sobre o comportamento.

Ou seja, é uma forma de entender os mecanismos por de trás da vontade humana.

Agora, quando aplicado a empresas, chamamos de comportamento organizacional.

Certo, mas qual a importância dessa assunto nas empresas?

Primeiro, empresas são resultados de pessoas.

Portanto, entender, prever e promover o comportamento saudável dessas pessoas, é influenciar o resultado do negócio.

Além disso, há pelo menos 10 benefícios em aplicar o comportamento organizacional na sua empresa.

Quer conhecer todos eles para ter uma empresa próspera, feliz e saudável?

Fique conosco, pois, neste artigo você vai descobrir:

Preparado?

fotos de pessoas com diferentes tipos de comportamentos organizacionais

Afinal, o que é comportamento organizacional?

Comportamento organizacional é um tema da gestão de pessoas e serve para:

  • Prevenir conflitos internos;
  • Estimular o trabalho em equipe;
  • Fazer empresas e pessoas trabalharem com eficiência;
  • Acertar na contratação de pessoas;
  • Promover a saúde do clima organizacional;

Entre outras coisas.

A quem se aplica o comportamento organizacional?

O estudo do comportamento organizacional pode ser dividido em 2 grupos:

Indivíduo

Trata-se de uma análise individual do colaborador com relação aos seus resultados, motivações, influência, estilo de pensamento e comportamento.

Grupo

Como o nome já diz, é uma análise sobre grupo nas empresas. Por exemplo:

  • Departamento: clima, organização, percepções e sentimentos;
  • Operação: padrões, processos, hierarquia e comunicação.

Benefícios do comportamento organizacional nas empresas

Ao decidir usar ferramentas para promover o comportamento organizacional, sua empresa será capaz de:

  • Ajudar gestores a saber como enfrentar crises e conflitos internos;
  • Descobrir os elementos que influencia a produtividade e resultados da equipe;
  • Promover o engajamento em toda empresa;
  • Estimular o trabalho em equipe;
  • Promover o autodesenvolvimento (sentimento de evolução na carreira)

Fatores que influenciam o comportamento organizacional

Claro, há inúmeros fatores capazes de influenciar o comportamento das pessoas em um organização.

E todos eles cooperam para o bem ou mal dos resultados da organização.

Por isso, se você deseja aproveitar os benefícios desta estratégia, deve ter clareza sobre a influência desses quatro fatores na vida de seus colaboradores:

Social

  • Relacionamento com a liderança;
  • Estilo de liderança;
  • Personalidade de colegas de trabalho;
  • Dinâmica de funcionamento de equipes.

Ambiente

  • Luzes do ambiente;
  • Equipamentos (mesas, cadeiras, ergonomia…);
  • Design do escritório.

Estrutura

  • Hierarquia;
  • Organização e qualidade da relação entre departamentos.

Ferramentas

  • Softwares e tecnologia;
  • Acesso à informação.

Processos

  • Fluxos de trabalhos em projetos;
  • Políticas.

Exemplos de comportamento organizacional

O comportamento organizacional está enraizado na cultura da empresa.

Isto é, mesmo sem chamá-lo assim, ele é parte da empresa.

Contudo, a partir de algumas ações (falaremos sobre ele mais tarde) é possível melhorá-lo.

Ok, mas como perceber o tipo de comportamento organizacional?

Veja alguns exemplos:

Ético

Neste exemplo, as pessoas e a empresa são guiadas por regras e normas.

Este estilo é comum em empresas ligadas à segurança, como: bancos, seguradoras e outras.

Responsabilidade

Agora, a responsabilidade é quando o comportamento das pessoas é guiado pelo “dor de dono”.

Aqui, as pessoas gostam e procuram novos desafios.

Controle Gerencial

Empresas com este estilo de são guiadas a números.

Normalmente esse tipo de empresa privilegia a gestão por resultados e o microgerenciamento.

Competitivo

Neste caso, são comportamentos ligados à competição (saudável ou não) entre pessoas, ou entre a empresa e seus concorrentes.

Meritocracia é um traço comum neste estilo.

Autocrática

Comportamento organizacional autocrático é quando pessoas e líderes tomam decisões unilaterais. Além disso, neste estilo há pouco espaço para debates e opiniões.

Porém, decisões são tomadas com mais velocidade.


fórmula para aplicar o comportamento organizacional

O segredo para aplicar o comportamento organizacional na sua empresa

Ok, você já entendeu o que é comportamento organizacional, benefícios e exemplos.

Sendo assim, a próxima pergunta é: e daí, o que fazer com essas informações. Certo?

Fique tranquilo, agora vamos te mostrar como aproveitar isso para melhor o clima e resultados da sua empresa.

Afinal, qual o segredo para melhorar o comportamento das pessoas a minha empresa?

Essa é simples: o autoconhecimento.

Sim, o autoconhecimento é a melhor forma de você começar a trabalhar comportamento organizacional na sua empresa.

Pois, com ele você saberá qual a melhor forma de influenciar uma pessoa a cumprir os objetivos propostos.

Vale lembrar: o autoconhecimento se aplica tanto para pessoas quanto para empresa. Exemplo:

  • Pessoas: conhecimento de si, ou no caso de líderes: conhecimento do perfil comportamental da sua equipe;
  • Empresa: autoconhecimento de seus valores, propósito e missão de existência.

Ok, mas como fazer isso na empresa.

Veja abaixo 4 ferramentas de gestão de pessoas para realizar diagnósticos de comportamento organizacional:

Mapeamento de dominância cerebral

Esta ferramenta permite descobrir qual é o estilo dominante de pensamento:

  • Analítico (superior esquerdo): analisa fatos e os trata de forma lógica;
  • Experimental (superior direto): visualiza fatos, tratando-os de forma intuitiva e holística;
  • Controlador (inferior esquerdo): organiza fatos e os trata de forma realística e cronológica;
  • Relacional (inferior direto): sente fatos, tratando-os de forma expressiva e interpessoal

DISC

Essa ferramenta criada pelo psicólogo William Moulton Marston em 1928 ajuda a identificar 4 fatores que exercem mais ou menos influência na personalidade da pessoa.

  • Dominância: pessoa visionária e em busca de desafios. Costuma ser competitiva e confiante;
  • Influência: pessoa entusiasmada, cooperativa, persuasiva e carismática;
  • Estabilidade: pessoa calma, humilde, colaborativa, sincera e leal;
  • Conformidade: pessoa independente e objetiva, com ênfase na qualidade e organização.

Mapeamento de virtudes

O mapeamento de virtudes te ajuda a identificar os valores predominantes de uma pessoa.

Essa ferramenta organiza os valores em 6 grupos:

  • Sabedoria: generalizada e compartilhamento de conhecimento.
  • Humanidade: interage positivamente com amigos, familiares e até com desconhecidos.
  • Justiça: busca construir uma vida saudável e sólida;
  • Coragem: determinado a atingir objetivos importantes, seja minternos ou externos;
  • Moderação: protege e controla excessos.
  • Transcendência: busca um significado maior que a si mesmos.

Resumo

Antes de concluir, vejamos um resumo sobre as principais informações sobre comportamento organizacional:

  • Comportamento Organizacional estuda o comportamento de pessoas nas empresas;
  • O estudo do Comportamento Organizacional é divido em dois grupos de estudo: pessoa e grupal;
  • Por meio desse estudo é possível aumentar engajamento, contratar melhor, resolver conflitos e aumentar a produtividade;
  • Há pelo menos 5 tipos de comportamento organizacional nas empresas: ético, responsabilidade, controle gerência, competitivo e autocrático;
  • O autoconhecimento é o princípio para melhorar o comportamento organizacional das organizações;
  • Existem algumas ferramentas de gestão de pessoas para aplicar no comportamento organizacional. Exemplo: Dominância cerebral, DISC e Mapeamento de Virtudes

Conclusão

Entender de comportamento organizacional te dará uma visão completa da sua empresa.

Com isso, você será capaz de motivar, organizar e influenciar comportamentos para alcançar os objetivos da empresa: seja em metas, faturamentos, prêmio ou outros.

Então, comece procurando um profissional para te ajudar a aplicar ferramentas de gestão mostradas neste artigo.

Ou, realize pesquisas internas para entender o estilo de comportamento de seus colaboradores.

O importante é incluir o assunto na pauta de prioridades.

Quer fazer mais?

Então, confira o artigo abaixo sobre Comunicação Não Violenta.

Essa técnica ajudará a humanizar a comunicação na sua empresa.

Para conferir, basta clicar no link abaixo:

Comunicação não violenta: aprenda o princípio da comunicação humanizada nas empresas

E aí,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *