Empresas de sucesso são o resultado de pessoas de sucesso.

Portanto, crescer uma empresa é igual a extrair o potencial individual das pessoas.

Ok, mas como fazer isso se o gestor divide seu tempo entre gestão de pessoas e gestão técnica?

Por isso, a função de Business Partner nasceu, ou seja, ela é o responsável por promover a simbiose entre as áreas de negócio e o RH.

Então, para entender como esse profissional ajuda empresas a ter sucesso na gestão de pessoas, veja o que você vai descobrir neste artigo:

Gosto? Então continue acompanhando e preste bem atenção, pois essas dicas são valiosas.

Por que falar sobre business partner agora?

Já dizia, Steve Jobs:

“Não é o dinheiro que importa. São as pessoas que você tem e como você as lidera.”

Ou Ian Hutchinson, quando declarou:

“Seus principais clientes são os seus colaboradores. Olhe primeiro para os seus colegas de trabalho e depois para os seus consumidores.”

A essa altura negar o benefício da gestão de pessoas para o resultado das empresas é impensável.

Pois, no final do dia: pessoas compram de pessoas.

Agora, praticar a gestão de pessoas e gestão técnica ao mesmo tempo, é como equilibrar pratos.

Nota: gestão técnica é a gestão baseada em habilidades técnicas, por exemplo: se espera de um gestor de RH conhecer a CLT para supervisionar atividades da área.

Portanto, basta um vacilo para causar estragos como esses:

  • Desmotivação;
  • Conflitos internos;
  • Desengajamento;
  • Queda de rendimento.

Além disso, esses erros prejudicam a experiência do colaborador.

Aliás, isso já é motivo suficiente para causar demissões voluntárias.

Ok, mas como vencer esse desafio?

Em outras palavras: como ajudar seus líderes a vencer os desafios de gestão de pessoas, mesmo sem serem especialistas no assunto?

business partner o que é?

O que é um Business Partners?

O termo business partner foi cunhado pelo escritor Dave Ulrich em seu livro: Human Resource Champions (1980).

Segundo o autor, o RH precisou se adaptar aos desafios do mercado moderno, por exemplo:

Disrupção

Criação de novos mercados, produtos e mentalidades que exigem repensar a maneira de fazer negócio (pense nas startups).

Foco no consumidor:

Empresas transferindo o foco do produto para o cliente.

Exigindo, portanto, conhecimento profundo sobre comportamento do consumidor.

Desenvolvimento de pessoas:

Organizações compreenderam como a cultura organizacional, desenvolvimento de pessoas, inteligência emocional e competências comportamentais influenciam no resultados da empresa.

Tecnologia

A medida em que a empresa ganha escala, a tecnologia se tornou uma aliada para medir resultados da gestão de pessoas.

Criatividade e inovação

Uso da criatividade, inovação e diversidade para resolver problemas velhos de maneiras novas.

Isso exige criar conexões entre diferentes departamentos da empresa.

Daí, a necessidade de um pessoa com habilidades em RH servir como elo entre áreas distintas.

Ou seja, o Business Partner (ou consultor interno) é como um clínico geral.

Isto é, ele é capaz de identificar dores na gestão de pessoas, indicar soluções para líderes e promover uma cultura organizacional saudável.

Como um Business Partner te ajuda a ter sucesso na gestão de pessoas (mesmo sem líderes especialistas nisso)

Business Partner para gestores de empresa é como o seu melhor amigo.

Isto é, ele vai:

  • Apontar quando você estiver errado;
  • Acompanhar e dar conselhos;
  • Sugerir caminhos para você chegar aonde deseja;
  • Ouvir e aprender com você;
  • Influenciar e ser influenciado.

Porém, a diferença é que este amigo terá habilidades suficientes para você vencer os desafios de desenvolver times vencedores.

Na prática, o Business Partner vai completar as habilidades do líder, deixando o trabalho de gestão de pessoas leve.

Assim, o gestor terá um apoio contínuo para superar os desafios de gestão (sem ser um especialista nisso).

5 benefícios para você querer contratar um Business Partner agora mesmo

Business Partner é o oposto de um RH centralizado, ou seja, ao invés das pessoas irem até o RH, o RH vai até elas.

Essa função engrandece o RH, pois revela a importância da área para os resultados da empresa.

E tem mais?

Sim

Então, veja 5 benefícios de ter um Business Partner na sua empresa:

Aumenta a influência dos líderes

“A medida da liderança é a influência”

(John C. Maxell – As 21 irrefutáveis leis da liderança, 1998)

Um consultor interno será capaz de ajudar seus líderes a aumentar a influência com a equipe.

Pois, ao trabalhar com o líder ele agirá como observador ativo – pronto para identificar desvios na gestão.

Completa as habilidades com gestão de pessoas

O Business Partner diminui a distância entre ser um gestor de pessoas e um gestor técnico.

Atuando como um ponto de apoio de RH próximo aos gestores.

Identifica e produz diagnóstico sobre necessidade de treinamento e desenvolvimento

Ao trabalhar com as equipes, o Business Partner consegue identificar necessidades de treinamento e desenvolvimento baseadas no objetivo do gestor.

Prolonga o bom clima organizacional.

Entre as atividades de um Business Partner está a criação de políticas de benefício, programas de motivação e engajamento.

Essas atividades ajudam a criar um clima organizacional saudável na sua empresa.

Vai te ajudar a contratar melhor

Seu parceiro de negócio trabalhará com o gestor para identificar a pessoa certa para o posto de trabalho.

Pois, sua experiência com a equipe, diagnósticos e conhecimento, ajudam a identificar o perfil ideal de colaborador


business partner como se tornar um?

Como se tornar um Business Partner?

Como a profissão é nova no Brasil, não existe formação tradicional na área.

Contudo, existem características desejadas para essa função:

  • Generalista: deve conhecer as principais ferramentas de gestão de pessoas, incluindo recrutamento, seleção e desenvolvimento;
  • Visão 360º: como será o elo entre as áreas de negócio e o RH, o profissional precisa conhecer toda operação da empresa – do comercial ao departamento de suporte;
  • Conhecimentos gerais: além de gestão de pessoas, é desejável que esse o Business Partner conheça outras disciplinas como marketing e finanças. Isso vai ajudar na realização de diagnósticos precisos.

Fora isso, existem cursos rápidos em faculdades tradicionais como PUC e Insper.

Agora, você pode encontrar também cursos online (e até grátis) na internet.

Veja, por exemplo, essa relação de cursos na Udemy.

O que muda na sua conta bancária após se tornar um Business Partner?

Interessou-se pela profissão e quer tornar-se um Business Partner?

Então, deixa eu te motivar.

Segundo o site Vagas.com um profissional de business partner pode ganhar entre R$ 4.822,00 a R$ 9.509,00.

Tentador não é?

Conclusão

Sim, Business Partner é uma excelente aposta para empresas que querem vencer os desafios da gestão de pessoas.

Pois, além de ser um elo entre áreas de negócio e o RH, ele ajuda líderes a melhorarem suas habilidades de gestão.

Então, o que acha de ter um profissional como esse na sua empresa?

Pense sobre isso.

Agora, se quiser continuar a receber conteúdos como esse diretamente na sua caixa de e-mail, assine grátis a nossa newsletter inserindo seu e-mail abaixo:

Conteúdo novo toda semana

Entre para nossa lista e receba o melhor conteúdo do blog

Post by Cristiano Sacramento
Abril 12, 2021

Comments